segunda-feira, 5 de julho de 2010

Sessão Nostalgia: A SUCESSORA

Sessão Nostalgia: A SUCESSORA

Exibida de 09 de outubro de 1978 a 02 de março de 1979, pela Rede Globo, no horário das 18 horas. Com 126 capítulos.

Novela de Manoel Carlos. Baseada no romance homônimo de Carolina Nabuco.

Direção de Herval Rossano, Gracindo Jr. e Sérgio Mattar. Com direção geral de Herval Rossano.

Uma das melhores produções de época para o horário das 18 horas, com perfeita reprodução do Rio de Janeiro da década de 20.Trouxe para o horário o clima psicológico, conseguiu argumento para indecifráveis enigmas e deu base para a criação do suspense ao estilo de Hitchcock.Na verdade, "A Sucessora" muito tem a ver com o filme de Hitchcock, A Mulher Inesquecível, de 1940, baseado no livro de Daphné du Maurier, que teria plagiado Carolina Nabuco, a autora de A Sucessora.

E quanto a incursão Jane Eyre de Charlote Bronté - quem teria plagiado? Carolina, Daphné ou Manoel Carlos?
Suspeitas a parte, vale salientar que o texto foi impecável, e que Suzana Vieira, Rúbens de Falco e Natália Thimberg, salvaram qualquer deslize, mesmo que imperceptível. Suzana Vieira ainda relembra a sua Marina Steen como um de seus melhores trabalhos na televisão. Destaque também para a personagem de Arlete Salles, Germana, uma mulher à frente de seu tempo, de personalidade forte, que sustentava e dominava o marido mais jovem que ela, Vasco (Kadu Moliterno).
Ana Maria Magalhães, responsável pela pesquisa histórica, teve o apoio da romancista Carolina Nabuco, na época com 88 anos de idade, que lhe narrava fatos importantes da década de 1920, como a construção dos hotéis Glória e Copacabana Palace, em 1922. As externas foram gravadas na fazenda indiana, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e na Universidade Federal Rural, em Seropédica (RJ). A novela foi reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo, entre 17 de novembro de 1980 e 05 de abril de 1981.
Sinopse
Os recém-casados Roberto (Rúbens de Falco) e Marina Steen (Suzana Vieira) enfrentam dificuldades em sua relação por conta da memória da ex-mulher de Roberto, Alice Steen (Alessandra Vieira). Cultuada num retrato, mesmo depois de morta, Alice exerce um fascínio todo especial em todos com quem conviveu, principalmente na governanta Juliana (Natália Thimberg), absolutamente fiel à antiga patroa e apaixonada pelo patrão.

Vendo em Marina uma intrusa que está ocupando um lugar que não lhe pertence, Juliana mantém na mansão um clima de mistério e cria intrigas para separar o casal, chegando a levantar uma suspeita quanto a um relacionamento de Marina com Lopes (Jorge Cherques), ex-capataz da fazenda onde a moça vivia. Mas outras pessoas também torcem pela desunião do casal, como Adélia (Lisa Vieira), antiga rival de Marina, e Miguel (Paulo Figueiredo), que perdeu o amor da prima.

Ainda, Marina, jovem criada com toda a simplicidade do campo é obrigada a defrontar-se com um mundo repleto de etiquetas e francesismos, como mandava a sociedade do Rio de Janeiro, capital do país na década de 20.

Elenco Suzana Vieira/ Rúbens de Falco/ Natália Thimberg/ Paulo Figueiredo/ Arlete Salles/ Kadu Moliterno/ Mário Cardoso/ Lisa Vieira/ Tetê Pritzl/ Célia Biar/ Ary Coslov/ Míriam Pires/ Beatriz Veiga/ Sônia de Paula/ Paulo Pinheiro/ Munira Haddad/ Jorge Cherques/ Heloísa Helena/ Patrícia Bueno/ Carmem Monegal/ Rosa Penna/ Francisco Dantas/ Ankito/ Sidney Marques/ Jota Barroso/ Cahuê Filho/ Marcos Toledo/ Pietro Mário/ Apolo Corrêa/ Reinaldo Daniel/ Patrícia Parker/ D'Artagnan Mello/ Luís Vasconcellos/ Alessandra Vieira/ Telma Lima/ Joana Rocha/ Alcebíades Bandeira/ Celi Peterson

Um comentário:

  1. gostaria de ver fotos da atriz carmem monegal em a ssucessora.

    ResponderExcluir