sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

“A Barba Azul” (TV Tupi, 1974) ou “A gata comeu” (TV Globo, 1985

A Gata Comeu


(No centro da foto, Dirce Migliaccio e, do lado direito, Luiz Carlos Arutim)


“A Barba Azul” (TV Tupi, 1974) ou “A gata comeu” (TV Globo, 1985, às 18h), qual destas duas novelas você acha que fez mais sucesso?

Ambas, é lógico, pois foram escritas pela grande mestra Ivani Ribeiro.
Ela escreveu para a TV Globo um remake de sua novela “A barba azul”, que fora exibida pela TV Tupi, mas desta vez tendo Christiane Torloni e Nuno Leal Maia como protagonistas: Jô e Fábio. Os personagens que foram de Eva Wilma e Carlos Zara na primeira versão na Tupi. A trama era simples, mas muito bem amarrada e divertida.

Jô Penteado (Christiane Torloni), apesar de já ter ficado noiva várias vezes, sempre acabava o noivado com seus pretendentes, o que lhe rende a alcunha curiosa de “Lucrecia Borgia”, que acabou ficando famosa por fazer dos pretendentes gato e sapato. Era uma mulher geniosa, mimada e sonâmbula. Rafael (Eduardo Tornaghi) foi seu oitavo noivo e todos esperavam que, enfim, acontecesse o casamento.

Só que Jô, mais uma vez, percebendo que não ama o noivo, terminou mais um noivado. Jô sofre por nunca ter se apaixonado verdadeiramente e não conhecer o amor.

Até que ela se apaixonou loucamente pelo professor Fábio (Nuno Leal Maia), viúvo e pai de dois filhos. Os dois se conheceram ao irem juntos para uma excursão. A lancha que os transportava quebra e eles acabaram ficando numa ilha deserta por dois meses, sendo dados como mortos. O romance de Jô e Fábio foi atrapalhado por Gláucia (Bia Seidl), a invejosa irmã de Jô, e por Paula, até então noiva de Fábio (Fátima Freire), mas que era apaixonada pelo professor.


Alguns destaques precisam ser mostrados, pois são muito curiosos:

Um grande sucesso do horário das 18h. O grande trunfo da novela foi ter mostrado nos primeiros doze capítulos boa parte do elenco perdido em uma ilha deserta, nos arredores de Angra dos Reis. O sucesso foi tanto, que nos doze últimos capítulos a mesma turma se reunia novamente em Angra. Na ocasião, Jô Penteado, recuperaria a memória voltando à ilha. A química entre Jô Penteado, personagem de Torloni e Fábio, personagem de Nuno era perfeita.

A novela era apontada como a maior audiência do horário das seis desde sua criação (em 1975) até 1993, quando outra novela da mesma autora “Mulheres de Areia” alcançou estrondosos 55 pontos.
"A Gata Comeu" foi à primeira novela a ser apresentada no “Vale a Pena Ver de Novo“, por duas vezes. A primeira, às 13h30 (1989), com 110 capítulos, e a segunda, às 14h20 (2001), em 100 capítulos. Ambas com grande sucesso.

Christine protagonizaria outra regravação da obra de Ivani: “A Viagem”, em 1994. Sua personagem, Dinah, na versão original foi interpretada também por Eva Wilma, assim como em “A Barba Azul”.

Destaque para a dupla formada por Cláudio Correa e Castro e Marilu Bueno, em ótima parceria como o casal Gugu e Tetê, bem como a excelente Dirce Migliaccio e o inesquecível Luiz Carlos Arutin, como Conceição e Oscar.

Enquanto a atriz Fátima Freire viveu um de seus melhores papéis na TV como a mimada e temperamental Paula. A atriz revela que até hoje é abordada nas ruas em função da personagem.

Foi à primeira novela da atriz Deborah Evelyn. Antes, ela havia participado de minisséries.

A personagem Dona Biloca, mãe de Tetê, seria interpretada pela inesquecível atriz e comediante Ema D Ávila, que chegou inclusive a gravar alguns capítulos, mas faleceu às vesperas da estreia. Assim, a produção escalou para o papel a atriz Norma Geraldy, que acabava de sair da novela “Vereda Tropical”.

O cantor Ronnie Von apareceu na novela em participação especial no capítulo em que Jô reúne numa festa seus seis ex-noivos. Ele era um deles.

Novela de Ivani Ribeiro, adaptada por Marilu Saldanha.

Na direção dos 161 capítulos esteve Herval Rossano e José Carlos Pieri.


No elenco também estavam os atores Mauro Mendonça, José Mayer, Diana Morel, Monah Delacy, Laerte Morrone, Anilza Leoni, Nina de Pádua, Roberto Pirilo, Mayara Magri, Rogério Fróes, Jayme Periard, Aracy Cardoso, Germano Filho, Juan Daniel, Reynaldo Gonzaga e grande elenco.

A Barba Azul

Exibição: de julho de 1974 a fevereiro de 1975
Horário: 19 horas
Emissora: Tupi
Autor: Ivani Ribeiro
Direção: Henrique Martins e Antônio de Moura Mattos

Sinopse

Jô Penteado (Eva Wilma) se envolve com o professor Fábio (Carlos Zara), depois de assistir à morte de seis noivos e ter ficado com a fama de solteirona. A Barba Azul foi reeditada em 1985 com o nome de A Gata Comeu.

Elenco

Eva Wilma (Joana Penteado (Jô))
Carlos Zara (Fábio Coutinho)
Newton Prado (Horácio Penteado)
Lia de Aguiar (Esther Brandão Penteado)
Edney Giovenazzi (Vitório)
Yolanda Cardoso (Conceição)
Ivan Mesquita (Oscar)
Wanda Stefânia (Ivete)
Jussara Freire (Gláucia Brandão Penteado)
Carlos Nunes (Ernani)
Kate Hansen (Paula)
Geraldo Del Rey (Rafael Benavente)
Nelson Caruso (Tony Duarte)
Edgard Franco (Maurício Moraes)
Luiz Carlos de Moraes (Gustavo Penaforte (Gugu))
Elizabeth Hartmann (Tereza Penaforte (Tetê))
Nádia Lippi (Gabriela Penaforte (Babi))
Paulo Figueiredo (Zé Mário (Braguinha))
Carminha Brandão (Ofélia)
Paulo Padilha (Martim)
Rachel Martins (Zazá)
Leonor Navarro (Dona Sinhá)
Wilma de Aguiar (Olga)
Norah Fontes (Televina)
Arnaldo Weiss (Vicente)
Aldo César (Padre Aurélio)
Douglas Mazzola (Cuca)
Ana Luiza Lancaster (Adriana)
Suzy Camacho (Suely)
Haroldo Botta (Nanato)
Léa Camargo (Alice)
João Signorelli (Tito)

3 comentários:

  1. a midi de abertura era do MARK DAVIS (fábio jr)

    ResponderExcluir
  2. BOA NOITE, GOSTARIA MUITO QUE A NOVELA "A BARBA AZUL" FOSSE REPETIDA OU ESTIVESSE DISPONÍVEL NA INTERNET COMPLETAMENTE. PORQUE IGUAL A ELA, SÓ MULHERES DE AREIA, PORQUE COMO EVA WILMA E CARLOS ARA NÃO TEM IGUAL.
    AGRADECE: NINHA DAMASCENO, BARBALHA- CEARÁ.

    ResponderExcluir