domingo, 13 de dezembro de 2009

Amigas Mulheres de Areia (1973)

Na remontagem de Mulheres de Areia, em 1993, as gêmas rivais Ruth e Rachel foram interpretadas por Glória Pires. Assim como Eva Wilma, Glória também precisou atuar com uma dublê, como na imagem acima. (Reprodução)Em 2007, Alessandra Negrini viveu Paula e Taís, em Paraíso Tropical, de Gilberto Braga. (João Miguel Junior/Marcio de Souza)

Mulheres de Areia (1973)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.Eva Wilma como as gêmeas Ruth e Rachel, na primeira versão de Mulheres de Areia, em 1973. Acima, a atriz (à dir.) com sua dublê e o ator Carlos Zara. (Paulo Salomão)

Mulheres de Areia é o título de uma das obras de Ivani Ribeiro, telenovela brasileira produzida pela extinta Rede Tupi e exibida de março de 1973 a fevereiro de 1974, com direção de Edson Braga e supervisão de Carlos Zara. O título vem das esculturas de areia da praia de rostos femininos feito pelo personagem Tonho da Lua. O autor real era Serafim Gonzalez, um dos atores do elenco e que repetiria esses trabalhos no remake feito anos depois: Em 1993, a Rede Globo produziu um remake da novela, também escrita por Ivani, com a colaboração de Solange Castro Neves.

Trama

O jovem Marcos Assunção está de volta à cidade litorânea de Pontal D'Areia para auxiliar nos negócios da família. O rapaz conhece e se apaixona pela doce Ruth, filha de pobres pescadores, mas acaba envolvido por Rachel, a irmã gêmea de Ruth. As irmãs são gêmeas idênticas, mas de personalidades opostas. Enquanto Ruth ama de verdade Marcos, Rachel ambiciona sua posição e fortuna, e mantem o seu relacionamento amoroso com Wanderley, um mau-caráter. Quem percebe tudo isso é o doente mental Tonho da Lua, famoso por esculpir mulheres nas areias da praia, o protegido de Ruth, e que sofre com a perseguição e maldades de Rachel.

Mas Rachel tem que enfrentar Virgílio Assunção, o pai de Marcos, que não aceita o namoro. Virgílo é o homem prepotente que enfrenta problemas dentro de sua casa. Malu, a filha rebelde, o culpa pela morte do noivo, e vive a provocá-lo. Até que a moça conhece o vaqueiro Alaôr, um homem rude, e muda o seu alvo. Alaôr tenta a todo custo domar as impetuosidades de Malu.

Enquanto isso, Ruth sofre calada com o casamento da irmã Rachel, mesmo sabendo que ela está com Marcos só por interesse. A história tem uma reviravolta quando Rachel é dada como morta e Ruth assume a sua personalidade, para ficar ao lado do homem que ama. Mas Rachel não morreu, e planeja a sua volta e a vingança contra a irmã que tomou o seu lugar e todos que estivessem no seu caminho.

Elenco

  • Eva Wilma - Ruth e Raquel
  • Carlos Zara - Marcos Assunção Gianfrancesco Guarnieri - Tonho da Lua Cláudio Corrêa e Castro - Virgílio Assunção Cleyde Yáconis - Clarita Assunção Maria Isabel de Lizandra - Malu Assunção Antônio Fagundes - Alaor Sílvio Rocha - Floriano Lucy Meirelles - Isaura Araújo Ivan Mesquita - Donato Newton Prado - Sampaio Carminha Brandão - Baby Edgard Franco - Wanderley Analu Graci - Glorinha Serafim Gonzalez - Alemão Maria Estela - Arlete Assunção Rolando Boldrin - Dr. César Márcia Maria - Andréa Sampaio Lisa Vieira - Carola Sampaio Umberto Magnani - Zé Luís Paulo Guarnieri - Tonho da Lua (criança) Abrahão Farc -
  • Marujo
  • Thereza Santos - Vilma
  • Raimundo Batista - Servílio
  • Carlos Nunes - Tito
  • Paulo Villa - Isidoro

Trilha Sonora

  1. First Love - Phonoband (tema de Ruth e Marcos)
  2. The Night I Got Out Of Jail - Ten Wheel Drive (tema de Malu)
  3. Violão Vagabundo - Baden Powell (tema de Rachel)
  4. Maldição - Maria Bethânia (tema de Tonho da Lua e Alzira/ tema de Ruth e Rachel)
  5. Geração do Amor - Phonoband (tema de Isaura)
  6. O Navegante - MPB4 (tema dos pescadores)
  7. Last Love - Phonoband (tema de abertura)
  8. Beautiful - The Isley Brothers (tema de Andréa)
  9. Drops - Cynthia (tema de Ruth)
  10. Te Amo Eternamente (While We're Still Young) - Celso Ricardo (tema de Ruth e Marcos)
  11. A Viola e o Cantador - Renato Teixeira (tema de Floriano)
  12. Easy Comes, Easy Goes - Phonoband (tema de Clarita)

Curiosidades

Mulheres de areia foi um dos maiores sucessos da TV Tupi e da televisão brasileira na fase preto-e-branco. O público se fascinava com as cenas nas quais as irmãs gêmeas contracenavam.

  • A trama de Ivani Ribeiro conseguiu mobilizaro telespectador de todo território nacional, registrandro uma média de 88% no IBOPE geral. Um grande trabalho interpretativo de Eva Wilma vivendo as gêmeas Rute e Raquel. A atriz recebeu vários prêmios como a melhor do ano por este trabalho. Outros atores também marcaram a novela, como Gianfrancesco Guarnieri (Tonho da Lua) e o casal Maria Isabel de Lizandra (Malu) e Antonio Fagundes (Alaor) que, como "prêmio" pelo sucesso, protagonizariam juntos a novela "O Machão". Em 1975, em virtude da comemoração dos 25 anos da extinta TV Tupi, a novela Mulheres de areia foi exibida em um compacto de 3H00 de duração. O ator Serafim Gonzalez esculpia as estátuas de areia usadas na novela, e deixou uma estátua como lembrança para a cidade litorânea paulista de Itanhaém, onde eram gravadas as externas.
  • Algumas das esculturas foram esculpidas também pelo professor de escultura em areia de Santos, o sr. Pedro Germi.
  • Como o curso do professor Pedro Germi era muito famoso na época, seus alunos subiam no ônibus pago pela TV Tupi e seguiam para Itanhaem para colaborar com muitas filmagens.
  • Hoje, restam poucos capítulos da novela. Sobrou em torno de 10 capitulos, que se encontram na Cinemateca Brasileira.
  • A trilha sonora de Mulheres de Areia foi um recorde de vendas na época. Por outro lado, músicas como Cinema Olympia de Elis Regina (tema de Raquel) e The Godfather (tema de Alaor) e outras não foram incluidas no Long-Play.
  • Cena da novela Mulheres de Areia, escrita por Ivani Ribeiro e dirigida por Edson Braga.

    Gianfrancesco Guarnieri interpretava Tonho da Lua, um homem com problemas emocionais que escupia mulheres nas areias da praia. Nessa cena, em um flashback, ele relembra o assassinato de seu pai, a causa de seu trauma emocional (que ele havia bloqueado de sua memoria). Tambem na cena se ve Eva Wilma (que interpretava as gemeas Ruth e Raquel), Ana Rosa (Alzira), e Analu Graci (Glorinha). Paulo Guarnieri, filho de Gianfrancesco, interpretava Tonho da Lua quando crianca.

    O assassino era Donato, interpretado por Ivam Mesquita

    A falta de recursos tecnicos das emissoras na epoca era compensada com a criatividade de seus produtores e atores, que com enquadramento, uso de cameras e musica conseguiam criar efeitos dramaticos e de impacto, como se ve nessa cena.

    Essa foi a novela de maior sucesso da TV Tupi e da autora nos anos 70, conseguindo abalar a campeã de audiencia da epoca, a Rede Globo.

2 comentários:

  1. A GRANDE TRISTEZA DESSE ESTRONDOSO SUCESSO FOI A INCONPETENCIA DOS RESPONSAVEIS PELA DESTRUIÇÃO DAS FITAS DESSA NOVELAS E DE OUTRAS DE GRANDE SUCESSO COMO A BARBA AZUL, A VIAGEM E O JULMENTO, ETC. ISSO ME REVOLTA. SINTO UM IMENSO DESEJO DE REVER ESSES SUCESSO E PRINCIPALMENTE A ABERTURA DE A BARBA AZUL E FICO SÓ NA SAUDADE..

    ResponderExcluir